Você já parou para pensar no que ajudou ou atrapalhou seu negócio neste último mês, trimestre, ano? Se a resposta for SIM, ficamos felizes por você, e esperamos poder contribuir de alguma forma para que 2017 seja um ano excepcional para seu negócio. Mas se a resposta for NÃO, não se desespere, sempre é tempo de analisarmos o que poderá te nortear no futuro.

 

Primeiramente é necessário que você analise as metas que foram definidas para a empresa/equipe como um todo, e também as metas individuais de cada colaborador. A partir disso conseguiremos entender melhor como o time trabalhou, o que não foi atingido, e como melhorar o desempenho de todos. O que faltou para atingir todas as metas foram recursos (sejam dos profissionais ou da empresa) ou então a estratégia escolhida não foi a mais assertiva?

 

No caso de falta de recursos dos profissionais, é importante ter claro que isso pode ser treinado ou desenvolvido, caso a pessoa realmente se mostre apta para o cargo que ocupa. Analise quais treinamentos técnicos ou comportamentais a sua equipe participou durante o último ano, se houve planejamento e sinergia entre eles. E como foi a absorção e prática do conteúdo? Lembre-se, mais importante do que aprender algo, é o que a pessoa realmente faz com o que aprendeu.

 

Outro ponto que percebemos que muitos empresários acabam pecando, é na criação, acompanhamento e melhoria dos indicadores de desempenho. É aqui que vamos conseguir enxergar de maneira muito nítida os resultados, o que pode e precisa ser melhorado. Os indicadores trazem clareza para conduzirmos a equipe, estimularmos todos a trabalharem de acordo com a estratégia adotada pela empresa, percebamos a necessidade de criar novos canais de venda, entre outros.

 

E no final, mas não menos importante, analise como foi a comunicação com a sua equipe durante esse último ano. Apesar de parecer um ponto bastante básico, é onde percebemos que as empresas perdem, e perdem muito. Vocês tem trocado feedbacks suficientes para gerar desenvolvimento e engajamento? As reuniões têm sido produtivas? A equipe está motivada a participar com pontos de melhoria? Se alguma resposta foi negativa, acenda a luz amarela, e cultive a cultura de uma comunicação direta e forte com toda a sua equipe.

 

Essa análise poderá ser o ponto de partida para as melhorias que você tanto espera da sua equipe, e a partir daqui seu principal PARCEIRO deverá ser o planejamento. Não se esqueça, o futuro sempre começa no agora.

 

Por Michele Benevenuto